sexta-feira, 6 de abril de 2012

Agentes Internos do Relevo Terrestre

a) Tectonismo – Os movimentos tectônicos, também chamados de diastrofismos (distorções), são forças oriundas do interior da Terra que atuam de forma lenta e prolongada na crosta terrestre. Há dois tipos de tectonismo: os falhamentos e os dobramentos.



Falhamentos (Falhas ou Epirogênese) - Quando essas forças são exercidas verticalmente sobre camadas de rochas resistentes e de pouca plasticidade, os blocos continentais podem sofrer levantamentos ou rebaixamentos, ou a formação de fraturas.



Dobramentos (Dobras ou Orogênese) – Quando as pressões são exercidas de forma horizontal sobre as camadas de rochas, podendo provocar dobramentos ou enrugamentos (formação das cordilheiras, como a dos Andes, Alpes ou Himalaia).





b) Vulcanismo – Atividade pela qual o material magmático é expulso do interior para a superfície da Terra. O material expelido do interior do planeta pode ser sólido, líquido ou gasoso.



c) Abalos Sísmicos ou Terremotos - movimentos naturais da crosta terrestre que se propagam por meio de vibrações. A ocorrência dos terremotos está ligada a três tipos de causas:



- Desmoronamentos internos: o desmoronamento de camadas de rochas no interior da Terra costuma provocar terremotos geralmente de pequena intensidade e locais.



- Causas vulcânicas: são terremotos provocados por explosões internas ou pela acomodação de materiais nos bolsões ou vazios que surgem após a expulsão do magma do interior da Terra.



- Causas tectônicas: os terremotos relacionados ao tectonismo costumam ser os mais violentos. E encontram-se relacionados quanto à localização com as áreas vulcânicas, principalmente o círculo do fogo do Pacífico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares